A Região

Mosteiro de Santa Maria das Júnias

O Mosteiro de Santa Maria das Júnias, trata-se de um monumento com um significado histórico regional de excecional valor científico e patrimonial.

Implantado num magnífico vale, onde o planalto da Mourela e a Serra do Gerês se encontram, presume-se que este mosteiro tenha sido fundado no final do século IX por treze monges.

Destinava-se a albergar frades beneditinos, tendo sido durante o século XII entregue à Ordem de Cister, e, após a extinção das ordens religiosas em Portugal, no ano de 1834, o convento foi abandonado e, alguns anos depois, deflagrou um incêndio que apenas deixou a igreja em pé.

A igreja, de nave única e cobertura de madeira, conserva ainda um interessante portal lateral românico, e um retábulo seiscentista, na capela-mor. Recentemente a organização do Parque Nacional da Peneda-Gerês promoveu uma intervenção arqueológica no claustro e na cozinha conventuais.

Anualmente, a 15 de agosto, há uma romaria a que acorrem os habitantes de Pitões das Júnias e das povoações vizinhas.


Abrigos de Pitões

Estes "Abrigos", ou alojamentos de montanha, donde se desfruta uma vista esplendorosa entre vales apertados e cumes temerosos do Parque Nacional da Peneda-Gerês, ficam na Rua do Côto, da aldeia de Pitões das Júnias, uma típica aldeia de montanha, na zona intermédia do Gerês e do Barroso, a 1164m de altitude.

As Casas-Abrigo têm o conforto básico da vida moderna, embora especialmente pensados para quem gosta da vida simples da montanha e da natureza.

O que dizem sobre nós


Animais de estimação são bem-vindos

Abrigos de Pitões
Alojamento Local

Rua do Côto
5470-370 Pitões das Júnias
Portugal
960 383 179
[javascript protected email address]

Conteúdo da responsabilidade de Alexandra Maria dos Santos Canavial Veloso Ferreira

Essential SSL
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Cookies.